Autor: NaTijuca

Tijuca vence a segunda seguida no NBB e respira

Mesmo fora de casa, Tijuca bate o Mogi das Cruzes de virada e sai da zona de rebaixamento pela primeira vez em 2013  Não desistir nunca, mesmo em situações adversas. Este recado foi bem entendido pelos jogadores do até então lanterna Tijuca/Rio de Janeiro, que conseguiu uma boa vitória, de virada, fora de casa, sobre o Mogi das Cruzes/Helbor, por 83 a 68. O triunfo fez com que a equipe do Rio de Janeiro saísse da zona de rebaixamento da temporada pela primeira vez no ano de 2013. O cestinha da partida foi o ala/armador do Tijuca, Arnaldinho, com 17 pontos, seguido por Rashaun, autor de 16 tentos. Pelo lado do Mogi, Caio Ranches fez 16 pontos, mesma pontuação de Bábby, que ainda pegou 14 rebotes, um duplo-duplo. Os donos da casa começaram com tudo o confronto, chegando a abrir 14 a 1 no placar. O Tijuca chegou a se encontrar em quadra no primeiro quarto, mas não evitou a superioridade do Mogi das Cruzes, que levou a melhor na etapa inicial, 18 a 12. A partida manteve o mesmo panorama durante quase todo o segundo período. Porém, nos minutos finais antes do intervalo, o Tijuca imprimiu uma boa reação, fazendo com que a equipe encerrasse a primeira metade do confronto perdendo por apenas dois pontos (35 a 33). A reação dos cariocas não parou por aí. Na volta...

Leia mais

Escolas na Tijuca – Parte 2

Série especial de matérias para ajudar pais e filhos e escolherem a melhor Escola na Tijuca. Na matéria anterior falamos sobre a importância da escola estar sempre de portas abertas para os pais, permitindo um acompanhamento de perto das suas atividades, e sobre o processo pedagógico e o estímulo à escrita e leitura. Veja a matéria anterior: Escolas na Tijuca – Parte 1 E seguindo a séria especial Escolas na Tijuca, veremos o que mais você precisa saber: 1- Os profissionais da escola não só gosta de crianças “Claro que é preciso gostar de criança para trabalhar em escola, mas o profissional precisa gostar é de educação”, diz o educador Marcelo, da Estilo de Aprender. Na escola não há criança, há aluno. “Lá, ela interage de modo diferente do que na praia, no clube”, afirma o educador. Ele é quem substituirá, por horas, os pais como modelo de adulto e o que ele disser vira “lei”. “É uma relação direta. O que a professora disser ser legal, bonito, gostoso a criança vai gostar. Principalmente na educação infantil, valor e conteúdo estão juntos. Se você dá valor ao livro e vê o professor passando em frente de uma livraria sem olhar para ela, é esse o recado que ele vai passar. Da mesma forma, se os pais não são letrados e a criança ama poesia, pode apostar: a professora tem livros ao...

Leia mais

Escolas na Tijuca

Esta é uma série de especial de matérias para ajudar os pais na escolha da melhor Escola na Tijuca para os seus filhos. Chegou a hora de decidir onde seu filho vai estudar no ano que vem. E entre tantas opções, com diferentes conceitos e linhas pedagógicas (sem falar em questões mais práticas como a distância de casa, por exemplo), é preciso ter muita paciência para decidir a escola ideal para as crianças. E escola na Tijuca é o que não falta. Para ajudar você nessa tarefa, além de trazer um guia com as principais escolas na Tijuca e Grande Tijuca, preparamos um especial com as principais questões que surgem nesse momento. Confira abaixo. Uma das primeiras coisas com que você vai se deparar ao escolher a escola de seu filho é uma porção de nomes e conceitos. Antes de deixar que dêem um nó na sua cabeça, saiba que em educação os conceitos são a base, claro, mas não são tudo. Acesse o Guia de Escolas na Tijuca já! As linhas pedagógicas da história da educação ainda vigoram e você terá muitas opções. Para conhecer, vai ter de entrar na escola, perguntar, observar, conversar muito. Não para se intrometer no projeto, mas para, quem sabe, ser conquistado por ele. “O olhar do pai é fundamental para saber se a escola tem um ambiente acolhedor”, afirma a pedagoga Maria da...

Leia mais

Feirinha da Praça Saens Peña é tombada

Agora é oficial. Uma tradição na Praça Saens Peña, a Feirarte foi tombada como bem de natureza imaterial da cidade, facilitando a sua permanência no espaço. Semana passada, o veto do prefeito Eduardo Paes ao projeto, do vereador Reimont (PT), foi derrubado por 30 votos a 1, na Câmara Municipal. O projeto vai virar lei nos próximos dias. A feirinha de artesanato da praça Saens Peña funciona na Tijuca há mais de 30 anos. Atualmente, 160 artesãos expõem os trabalhos no coração do bairro. -Tijucanos e visitantes sabem que ali se encontram diversos produtos com qualidade e bom preço. Essa é uma vitória dos moradores – comemora o coordenador da Feirarte, Antônio Machado, também expositor. Reimont, autor do projeto de lei nº 1.089/2011, diz que a feira ganha prestígio: – Com o tombamento, além da garantia de sua permanência definitiva no espaço público, a feira conquistou o reconhecimento de sua relevância sociocultural para a cidade – afirma o parlamentar. Para o presidente da Associação Comercial e Industrial da Tijuca (Acit), Jaime Miranda, a Feirart tem que melhorar para atender melhor o consumidor. – É uma importante conquista, mas a feira precisa de ajuda para ser reorganizada. As barracas estão desbotadas e deveriam ser padronizadas – alerta o presidente da Acit. Fonte: Yahoo Noticias Quer saber mais informações sobre os Bairros da Tijuca? Acesse as demais matérias da nossa seção...

Leia mais