Prêmio da revista Época e Instituto Doar selecionou as 100 instituições que se destacaram pela transparência e gestão

Fonte por Redação NaTijuca

O Instituto Ronald McDonald está entre as 100 instituições que se destacam pela transparência e gestão nas suas atuações do país, de acordo com o prêmio “Melhores ONGs do Brasil”, organizado pela revista Época em parceria com o Instituto Doar. Esta é a primeira edição da premiação, que será anual e tem o objetivo de reconhecer a capacidade de gestão de ONGs que podem estabelecer padrões para a melhoria contínua e inspirar outras organizações. Nesta primeira edição, o prêmio contou com mais de 1.500 instituições inscritas.

“Esse é um reconhecimento muito importante para nós porque legitima o trabalho que desenvolvemos há 18 anos em prol de milhares de crianças e adolescentes com câncer em todo o país, reforçando ainda mais a nossa reputação. Esse trabalho só é possível graças a doadores e patrocinadores que nos apoiam para melhorar cada vez mais os índices de cura do câncer infantojuventil no Brasil”, disse Francisco Neves, superintendente do Instituto Ronald McDonald, na cerimônia de premiação, realizada no dia 7, em São Paulo. Foram avaliados cinco aspectos de cada organização inscrita: causa e estratégia de atuação; representação e responsabilidade; gestão e planejamento; estratégia de financiamento; e comunicação e prestação de contas.

O impacto de prêmios, certificações e reconhecimentos no Terceiro Setor é muito positivo. O Prêmio Bem Eficiente, do consultor de empresas Stephen Kannitz, que teve sua 1º edição em, mas foi descontinuado anos depois, revelou dados significativos sobre o assunto. As 50 entidades de caridade mais bem administradas do ano dobraram a sua renda de donativos nos três anos seguintes e em média receberam R$ 2.000.000,00 de donativos adicionais no triênio seguinte, advindos, em sua maioria, de pessoas que nunca haviam doado antes.

Sobre o Instituto Ronald McDonald

O Instituto Ronald McDonald é uma organização sem fins lucrativos em atuação há 18 anos, cuja missão é promover a saúde e a qualidade de vida de adolescentes e crianças com câncer. Para aproximar as famílias da cura do câncer infantojuvenil, o Instituto desenvolve e coordena programas - Diagnóstico Precoce, Atenção Integral, Espaço da Família Ronald McDonald e Casa Ronald McDonald - que possibilitam o diagnóstico precoce, encaminhamento adequado e atendimento integral e de qualidade para os jovens pacientes e seus familiares. Durante esse tempo de atuação, os dados do câncer mostram um cenário mais animador. Há 30 anos as chances de cura eram de 15%. Hoje, podem chegar a 80%, se a doença for diagnosticada precocemente e tratada de maneira adequada em centros de referência. Desde 1999, mais de R$ 330 milhões foram arrecadados por meio de campanhas e eventos como o McDia Feliz, os Cofrinhos, o Invitational Golf Cup e o Jantar de Gala, destinados para 116 instituições em todo o Brasil, entre hospitais e instituições de apoio que lutam pela cura do câncer infantojuvenil. Cerca de 3 milhões de crianças, adolescentes e seus familiares já foram beneficiados nestes 18 anos de trabalho do Instituto Ronald McDonald. Saiba mais sobre as fontes de arrecadação, os programas e as instituições beneficiadas em www.institutoronald.org.br.

Veja essa e outras matérias no Caderno Grande do NaTijuca.com