Jogo entre Rexona-Ades e Sesi terminou com a vitória da equipe carioca em 2014 | Divulgação

Partida acontece no ginásio do Tijuca Tênis Clube.

Considerada um clássico do vôlei brasileiro, a partida entre Rexona-Ades e Sesi-SP, que acontece nesta sexta-feira, na Tijuca, terá um ingrediente extra: trata-se do duelo entre as duas melhores equipes da fase de classificação da Superliga Feminina de Vôlei - que, ainda por cima, chega à sua décima terceira e última rodada do returno.

Na decisão da última temporada da Superliga, as cariocas venceram por 3 sets a 1, mesmo placar do confronto entre os dois times no primeiro turno. Ainda assim, mesmo com o retrospecto negativo e, dessa vez, jogando fora de casa, no Ginásio do Tijuca, o treinador do Sesi-SP manifestou confiança em suas comandadas, apesar de apontar a possibilidade de um rodízio.

"Será um confronto importante, contra uma grande equipe. São dois times que, quando se enfrentam, independentemente da classificação, vão sempre buscar o resultado positivo. Não é só a vitória pela vitória, mas para ganhar confiança e corrigir o que pode ser feito para uma boa campanha nos playoffs. Nessa reta final, nosso time está bem consistente, treinando forte. Esperamos colocar isso em prática na partida, vamos aproveitar e tentar fazer um rodízio maior das atletas. Quanto maior o número de jogadoras que a gente conseguir colocar e dar ritmo, melhor para nós durante os playoffs", declarou Talmo de Oliveira.

Do outro lado, no entanto, a ponteira Gabi destacou a importância da torcida carioca na partida. "É um jogo importante, mesmo já pensando nos playoffs. O Sesi-SP é uma equipe que vem forte nesta reta final de returno. A Fabiana é um diferencial para o time delas. Precisamos imprimir o nosso ritmo desde o começo, além de usar nossa torcida como um ponto a favor", avaliou Gabi.

Na altura da última rodada do returno, as duas equipes ostentam as melhores campanhas da competição até o momento. O Rexona-Ades ocupa o topo da tabela com 66 pontos somados em 23 vitórias, enquanto o Sesi-SP vem na vice-liderança, com 58. O confronto acontece nesta sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro.

Gazeta Press

 

Veja essa e outras matérias no Caderno de Esportes do NaTijuca.com